Andre Curi

Andre Curi

Quinta, 13 Outubro 2016 11:41

Sem-Choro

No primeiro dia, ainda algumas horas depois da cerimônia, com o suor frio pelas costas, olhos vítreos e apertados, ela precipitou-se a cozinhar e, devido a evidente inexperiência, cortou a ponta do dedo, olhou o sangue que destacava o robalo dos demais objetos da pia e iniciou-se em histeria: ria com raiva, arranhava a garganta em um riso assustador. Consegue imaginar a cozinha fria, o vermelho no azulejo?