André Luiz de Melo

André Luiz de Melo

Quinta, 13 Outubro 2016 12:03

Natureza Morta

Assim que abro os olhos, percebo que tem uma luz forte no meu rosto. Onde estou afinal? Parece que estou deitada em uma maca. Tento mover os braços e as pernas, mas não consigo. Estou começando a ficar com medo. Não sei que lugar é esse, nem como vim parar aqui. Mal consigo enxergar por causa dessa droga de luz. Sinto o suor molhar todo o meu corpo. Sinto as lágrimas verterem dos meus olhos.