Quarta, 14 Dezembro 2016 13:24

Sobre ser poesia II

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

Sejamos poesia farol,
Poesia ponte,
Abrigo,
Flecha,
Oceano,
Abraço,
Poesia equilíbrio,
Fuga e libertação.
Poesia liberdade
Para horizontes cansados...
Que sejamos poesia vertical,
Eterna e valsada
Como nuvens
que desaguam concretudes
Em abismos vagos:
Poesia libertária.

Lido 417 vezes Última modificação em Quarta, 14 Dezembro 2016 13:30
Rejane Aquino

Se dedica à poesia como forma de escape. É integrante da Confraria Poética Feminina e busca transitar pelos mais diversos gêneros. Participante da antologia do II concurso de poesia Prêmio Gastão Guimarães e da coletânea Prosa e Verso (no prelo), antologia poética da Editora Kawo (no prelo) e do livro Confraria Poética Feminina: outras estampas ( no prelo). Autora do blog Rejane Aquino (demim2.blogspot.com.br) Contato: (nannyreas@hotmail.com). Tem interesse nas diversas modalidades artísticas.

Profissão: Professora de língua e literatura portuguesa

E-mail: nannyreas@hotmail.com

Link: http://demim2.blogspot.com.br/2016/11/blog-post_83.html
https://www.facebook.com/re.aquino.7

Mais recentes de Rejane Aquino

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.