Crítica

Tenho uma teoria: a arte é realmente genial e transformadora quando a situação política, econômica e social está um caos. A instabilidade de um regime está diretamente ligada à qualidade artística produzida. A música brasileira nunca foi tão boa e transgressora como na ditadura. Orwell, Bradbury, Hemingway são escritores fortemente ligados a guerras assim como Picasso na pintura. Gabriel García Márquez coroou o realismo fantástico em meio a uma América Latina esfacelada.

Quarta, 03 Agosto 2016 11:13

J. R. Wilcock

“Sinagoga dos Iconoclastas”, de J. R. Wilcock, é um livro, como diz sua orelha, difícil de categorizar. Extrema originalidade e criatividade são raramente encontradas em qualquer obra literária. Aventuro-me a dizer que se trata de uma das coleções de contos (ou perfis, ou retratos) mais irônicas já vistas, vide o título: um templo para destruidores de símbolos.

Quarta, 27 Julho 2016 15:19

A Garota no Trem

“A Garota no Trem” é sobretudo um bom livro. De cara a escolha na montagem da trama chama a atenção, do ponto de vista de três mulheres, principalmente da protagonista Rachel e da vítima Megan, é formado um mosaico com quebra de linearidade temporal muito acertada e envolvente. O terceiro ponto de vista é o de Anna, personagem secundária, mas importante para a narrativa. Me incomoda um pouco, confesso, o desenvolvimento das personagens e a cara de roteiro cinematográfico dada a prosa.

“Devoradores de Sombras” revela a história real de Lucie, jovem inglesa que foi ao Japão atrás de dinheiro fácil e acabou assassinada de maneira macabra. À época dos acontecimentos, o jornalista correspondente da BBC em Tóquio, Richard Lloyd Parry acompanhou o caso de uma maneira quase obsessiva. Resultado: esse poderoso livro-reportagem.

Quinta, 14 Julho 2016 13:59

Chandler

“Adeus, Minha Querida”, de Raymond Chandler, é praticamente um manual de literatura Noir. Acompanhar toda a astúcia de Philip Marlowe, detetive particular, por submundos de trapaças, damas fatais, muito sangue e corpos, é uma maravilhosa experiência para os fãs do gênero.

Quarta, 06 Julho 2016 14:02

Galeano e o Futebol

– Um livro de futebol – praticamente desafiou-me.

– O livro de futebol – alcancei “Futebol ao sol e à Sombra” de Eduardo Galeano.

Quarta, 29 Junho 2016 11:58

Fogo! Fahreinheit 451

Em Fahreinheit 451, os livros representam um perigo de estado. Portanto os bombeiros ao invés de apagar incêndios, se tornaram responsáveis por queimar bibliotecas. Escrito no início da Guerra Fria, logo após Hitler fazer piras de livros, a obra chama a atenção e encanta pela atualidade do tema por trás do futuro de Ray Bradbury.

Domingo, 19 Junho 2016 13:30

Veríssimo!

Embalado pelo lançamento de “AS MENTIRAS QUE AS MULHERES CONTAM” de Luis Fernando Verissimo, comecei a lembrar do domínio que esse simpático gaúcho tem das crônicas. Simples e refinado, Veríssimo pinta em cenas cotidianas quadros de extrema originalidade, leveza e apuradíssimo humor.

Domingo, 19 Junho 2016 13:18

Murakami

Outro dia, uma cliente que havia lido “Homens sem mulheres” de Haruki Murakami chegou a loja:

- Amei o livro indicado, tenho outros para ler em casa, mas só quero outro dele – Era próximo do natal e os livros do autor tinham acabado de ser vendidos, expliquei. Resignada continuou: – Então você me indica algo parecido?

Página 2 de 2