Crônica
Segunda, 05 Setembro 2016 11:43

O Jogo

Enquanto fazia caminhada noturna na trilha do clube, a criançada se divertia. Eram basicamente meninos. Fosse do que fosse a brincadeira, eles mesmos se organizavam, sem tutela de adulto. Não havia rigidez de horário, nem árbitro externo julgando comportamento. Tudo se resolvia entre eles. Era bonito observar tanta autonomia. E mais, só vendo pra acreditar no senso de responsabilidade e de justiça daqueles miúdos.

Sexta, 02 Setembro 2016 13:52

Haicais de um Motoboy

Haicai é uma forma de poesia japonesa. Um haicai deve conter três versos e 17 sílabas no total (5 sílabas no primeiro e terceiro verso, e 7 sílabas no segundo). Jorge aprendeu isso na quinta-série com 11 anos. Hoje, 8 anos depois – já formado no ensino médio, trabalhando e estudando para passar no vestibular – Jorge é viciado em escrever haicais.

Segunda, 29 Agosto 2016 12:40

De Passagem

Deixei a Região dos Lagos no Estado do Rio de Janeiro antes do encerramento daquele Congresso importante. Abri mão da boca livre pra visitar o Cristo Redentor na capital fluminense. Desta vez iria de trem. O caminho de carro conheço bem, estrada charmosa de Santa Teresa serpenteando o Corcovado, encoberta pela Floresta da Tijuca e seus cafeeiros gigantes, vestígio vivo de que o Parque já foi um dia fazenda de café.

Quinta, 25 Agosto 2016 12:03

Previsões

Toda minha família gosta de cartomantes, videntes, horóscopos, qualquer coisa que remeta ao imponderável, à fantasia e ao não conhecido.

Segunda, 22 Agosto 2016 13:54

Conversa Alheia

Era domingo à noite e eu sentia dores na barriga. A sala de espera estava cheia, e os rapazes firmes no assunto. Fiz um leve cumprimento mudo com a cabeça, sentei. A conversa continuou animada entre os dois. Falavam alto, impossível não escutar. Até tentei ignorar o diálogo, folheando uma revista velha. Fingia ler enquanto ouvia. Meu interesse, confesso, era decifrar o tema do conchavo – o que não foi difícil. Outras dúvidas surgiram, no entanto. Reforço: conchavo com todas as letras - um exagerava aqui outro majorava o exagero ali. Som e gestos excessivos.

Terça, 16 Agosto 2016 13:36

Velhice

Mulher detesta falar da idade, isso a gente sabe. Aprendemos por bem ou por mal, jamais perguntar quantos aniversários uma dama fez. Já o homem alardeia data de nascimento numa boa, orgulhoso até. Mas não se engane, taxa-lo de idoso é chamar briga. Há motivo cronológico para ódio ao vocativo, no imaginário masculino a fronteira da velhice se move pra longe, num futuro que não chega. Para alguns inclusive, o avançar implacável dos anos assusta mais que a morte.

Quarta, 10 Agosto 2016 10:51

O Sabor da Maçã

Quando era menino, trabalhava com meu pai no Mercado Municipal de Curitiba, numa banca atacadista. Ao contrário dos varejistas que começavam mais tarde, eu, seis horas da manhã, em pleno inverno, estava labutando. Em meio a tanta fruta e verdura, observava fascinado a variabilidade daquilo que chegava toda madrugada. Um olho treinado podia encontrar numa mesma caixa de laranjas, uma doce como o mel, outra azeda que nem limão. A inconstância maior, com certeza, era do mamão. Pequeno, grande, redondo, comprido, liso, rugoso, casca de toda tonalidade, pintas e manchas variadas; às vezes saboroso, as vezes não. Tudo, no entanto, da abobrinha à melancia era mutável, exceto uma coisa: a maçã.

Segunda, 01 Agosto 2016 19:40

Sorriso e Cara Feia

Estava ao lado da pirâmide de Quéops, na periferia da cidade do Cairo, Egito, aguardando nosso guia trazer os bilhetes que nos franqueariam acesso ao interior da grande tumba. Busquei na multidão de turistas a figura uniformizada, e em vez de encontrar o guia que demorava, avistei um bando de garotas egípcias em trajes típicos, vestido longo, cabeça coberta, rosto à mostra. Estavam longe, mas deu pra sacar: queriam ser fotografadas.

Domingo, 24 Julho 2016 13:39

Esfinge

Nossos encontros aconteciam no café da galeria sempre no mesmo horário. Há três meses eu entrava e olhava diretamente para a mesa junto à parede. E lá estava ela. Pele clara, cabelos castanhos meio revoltados e olhos de um cinza claro. Séria, uma expressão serena e hermética. Elegante e clássica na saia envelope muito bem combinada com o terninho executivo.

Terça, 19 Julho 2016 13:00

Dói, mas passa

Quer saber de uma coisa? Dói, mas passa.

Página 3 de 4