Jorge Eduardo Machado

Jorge Eduardo Machado

Bacharel em Comunicação Social (Jornalismo) e Direito, além de escritor amador.

Idade: 37

Profissão: Analista Judiciário

E-mail: jborralho@uol.com.br

Link: http://www.recantodasletras.com.br/autores/jem

Quarta, 12 Outubro 2016 01:55

Trinta Moedas

(…)
No entanto à noite, se o Hebreu passava,
Um murmúrio de inveja se elevava,
Desde a flor da campina ao colibri.
"Ele não morre", a multidão dizia...
E o precito consigo respondia:
– "Ai! mas nunca vivi!"

Castro Alves (Ahasverus e o Gênio, in: Espumas Flutuantes)

Terça, 11 Outubro 2016 22:22

À meia-noite

– Tem certeza? – perguntou pela terceira vez Zé Ribamar, o pistoleiro, com o cano do revólver encostado à nuca do garoto, de cócoras.

Segunda, 19 Setembro 2016 01:27

À meia-noite

– Tem certeza? – perguntou pela terceira vez Zé Ribamar, o pistoleiro, com o cano do revólver encostado à nuca do garoto, de cócoras.