Por dez vezes e tantas mais
Por dez vezes e tantas mais
Por

Eu não queria que o teu
relógio
ditasse o meu
tempo


Amor em clave de lua
Amor em clave de lua
Por

A minha cabeça, um rockn roll
Teu cérebro um jazz
Sou sem compromisso
Tu um improviso só
Sou só, um solo cifrado
Tu, um sopro no sax
Eu, um sex appeal


Tempo de Reflexão
Tempo de Reflexão
Por

O evento já não cabe numa data, transborda o calendário. Sólido como rocha, domina o mês inteiro. Dezembro chega, a esperança cresce.


Saudade
Saudade
Por

Saudade,
Do que se foi,
De quem perdi,
Da vida que não levei,
Dos dias calmos de outono,
Do vento espalhando meus cabelos,
De minha alma jovem,
Da coragem impetuosa,
Do medo insensato,
Da esperança perdida…


Meu peito... de sonhos distantes
Meu peito... de sonhos distantes
Por

"Multidão é meu nome
e a minha liberdade,
a de estar vivo."
Carlos Nejar


Olha o Remedinho...
Olha o Remedinho...
Por

Capítulo 1

À confissão...


A batalha do Padre Antônio
A batalha do Padre Antônio
Por

Tio Antônio era padre. Especializou-se na “unção dos enfermos”. Ou “extrema unção”, como se dizia antigamente.


Um Reino de Monstros Vol.1 - Cap.5 - Inatural
Um Reino de Monstros Vol.1 - Cap.5 - Inatural
Por

Parte 1

Rapidamente as pessoas foram postas dentro do bueiro que dava para a entrada da Cidade Subterrânea. Index sobrevoava Tell com ar desesperado.


Obrigado, Jorge Aragão
Obrigado, Jorge Aragão
Por

sempre que acontece obra aqui em casa eu fico mal. eu fico mal porque penso que os caras da obra pensam que sou um playboy.


Eu odeio o Natal
Eu odeio o Natal
Por

DEZEMBRO... Dezembro! Sim, eu odiava essa época do ano. Até tentei gostar, tentei. Listava todos os aspectos que não suportava, eram muitos. A visão que as pessoas tinham dela, é que era muito negativa. Ninguém sabia o porquê de comemorá-la? No fundo, odiava mesmo era o natal.


Demência
Demência
Por

Todos os dias ao anoitecer, Lili escrevia. Só o diário sabia de suas mais íntimas emoções. Naquele dia o céu conspirava para o encontro. Lili, colocou o melhor vestido, e, com o andar próprio da velhice aproximou-se do local onde outras vezes seu coração vibrara de amor. O moço bonito estava lá, porém não foi a seu encontro para ajudá-la a colocar a sacola de compras em seu colo, no ônibus.


Delírio
Delírio
Por

Se todo poeta
é um pouco louco
então, falemos de demência
o mar saudando o verão

O ovo da vingança
O ovo da vingança
Por

Joca era um cozinheiro frustrado que sonhava em ser chef. O máximo que conseguia cozinhar com sucesso era um ovo poché. Mesmo esta sua especialidade não era bem uma especialidade. Apenas uma em cada dez tentativas era marcada pelos aplausos dos comensais (na verdade estavam mais para cobaias) do velho Joca. Volta e meia justificava suas incontáveis tentativas repetindo aquele bordão chato que fora muito usado tempos atrás: - sou brasileiro e não desisto nunca. E os gaiatos soltavam, sem a menor piedade, piadinhas a respeito do talento culinário do Joca, entre elas esta frase infame: “Pois é, Joca, tu não desistes nunca e talvez até o diabo vai ter que ouvir esta tua frase, quando “lá” chegares com tua caçarola e teu cepo com as facas gourmet”.


Zelador
Zelador
Por

João quis mudar os rumos das ruas.

As ruas podiam ter nomes de cor, sentimentos, emoção, advérbios, chamariam mais atenção!


Gato de Rua
Gato de Rua
Por

Se teu céu está chovendo
minhas gotas de tempestade
vão te secar


Ossos no armário dos meus dias
Ossos no armário dos meus dias
Por

Coleciono ossos
Não estes dos mortos
Menos dos vivos


Sobre ser poesia II
Sobre ser poesia II
Por

Sejamos poesia farol,
Poesia ponte,
Abrigo,

Pronomes Pessoais
Pronomes Pessoais
Por

Ela chegou sozinha, disposta a conquistar sonhos, não revelados por muitos anos. Era clara a decisão, transparente a ocasião, nada ou. Chegou revelando emoção.


Percursos
Percursos
Por

A cadeira o acompanhava por labirintos sinuosos.


Um Reino de Monstros - Vol.1 Cap.4
Um Reino de Monstros - Vol.1 Cap.4
Por

Parte 1

Na véspera da execução dos cavaleiros flandinos, Leona foi até o seu alojamento na guarda municipal e indo até a sua cama, que por sinal era uma caixa de areia, retirou um objeto transparente e esférico de dentro da areia cinzenta.