Poesia
Sábado, 21 Janeiro 2017 21:08

Por dez vezes e tantas mais

Eu não queria que o teu
relógio
ditasse o meu
tempo

Segunda, 09 Janeiro 2017 15:39

Amor em clave de lua

A minha cabeça, um rockn roll
Teu cérebro um jazz
Sou sem compromisso
Tu um improviso só
Sou só, um solo cifrado
Tu, um sopro no sax
Eu, um sex appeal

Quarta, 28 Dezembro 2016 17:24

Saudade

Saudade,
Do que se foi,
De quem perdi,
Da vida que não levei,
Dos dias calmos de outono,
Do vento espalhando meus cabelos,
De minha alma jovem,
Da coragem impetuosa,
Do medo insensato,
Da esperança perdida…

Quarta, 28 Dezembro 2016 12:59

Meu peito... de sonhos distantes

"Multidão é meu nome
e a minha liberdade,
a de estar vivo."
Carlos Nejar

Quarta, 21 Dezembro 2016 12:21

Delírio

Se todo poeta
é um pouco louco
então, falemos de demência
o mar saudando o verão
Quarta, 21 Dezembro 2016 10:09

Zelador

João quis mudar os rumos das ruas.

As ruas podiam ter nomes de cor, sentimentos, emoção, advérbios, chamariam mais atenção!

Terça, 20 Dezembro 2016 11:55

Gato de Rua

Se teu céu está chovendo
minhas gotas de tempestade
vão te secar

Quarta, 14 Dezembro 2016 13:36

Ossos no armário dos meus dias

Coleciono ossos
Não estes dos mortos
Menos dos vivos

Quarta, 14 Dezembro 2016 13:24

Sobre ser poesia II

Sejamos poesia farol,
Poesia ponte,
Abrigo,
Quarta, 14 Dezembro 2016 13:10

Pronomes Pessoais

Ela chegou sozinha, disposta a conquistar sonhos, não revelados por muitos anos. Era clara a decisão, transparente a ocasião, nada ou. Chegou revelando emoção.

Página 1 de 14